Cabeçalho 345px
Mais de 40 Anos de Experiência
João Mata, Lda é um dos principais corretores de seguros em Portugal.
Ao longo de mais de 40 anos de experiência alcançámos um elevado prestígio, de que muito nos orgulhamos. Somos um corretor independente e de capitas nacionais, que compreende as particularidades de cada Cliente e o meio em que actua.

Os nossos clientes, empresas dos mais diversos sectores de actividade e particulares, têm reconhecido na nossa equipa competência e profissionalismo, que nos estimula a seguir em frente e a procurar a melhoria continua.

E, porque vivemos num mundo globalizado, temos presença nos cinco continentes, seja através de sucursais, seja através da rede de parceiros de que somos accionistas, o que nos permite acompanhar os riscos dos nossos clientes, em todo o lado.
icone-placeholder
Missão
João Mata, Lda. está no mercado para, de forma muito competente, responsável e independente encontrar as melhores soluções para a mitigação dos riscos a que os nossos clientes estão sujeitos, vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana e em todo o Mundo.
icone-placeholder
História
Fundada em 1972, por João Nunes de Almeida Mata, um profissional de seguros prestigiado que apostou em reunir numa empresa portuguesa os meios técnicos e humanos capazes de efectuar o estudo sério e rigoroso dos riscos dos seus Clientes.
Valores e Código de Ética

JOÃO MATA, LDA. orienta a sua actividade por um conjunto de
princípios que constituem valores objectivos da sua organização:

  • 1

    Como Corretores e Consultores de Seguros, tem por objecto a prestação de serviços na segurança e transferência de riscos afectando pessoas e bens, realizando assim uma função social com valor acrescentado que se traduz na obtenção do justo lucro da sua actividade com a satisfação de reais necessidades dos seus clientes.
  • 2

    No exercício da sua missão, visa salvaguardar de forma harmónica os interesses de todas as partes nela interessadas - clientes (segurados) e fornecedores (seguradoras), e bem assim accionistas, empregados e demais colaboradores - dentro de um elevado padrão de ética e justiça, cuja inspiração deriva do seu fundador.
  • 3

    Defende o primado dos valores humanos assumindo, em consequência, o compromisso e a responsabilidade da promoção do bem estar de todos aqueles que contribuem de forma positiva para a realização dos seus objectivos e da sua missão.
  • 4

    Considera que a realização da sua “missão” exige de todos os seus empregados e colaboradores um inequívoco espírito de dedicação bem como de constante aperfeiçoamento profissional e promoção do melhor clima de relações humanas, dentro e fora dela.
  • 5

    define como regra de actuação face à sua concorrência uma lisura e lealdade absoluta de processos, dentro dos condicionalismos de mercado.
  • 6

    Assume plenamente a responsabilidade profissional pelo seu desempenho e garante a absoluta confidencialidade de todos os dados e informações adquiridos na relação com os seus Clientes.

Em obediência ao seu Código de Ética, JOÃO MATA, LDA assume
como mandamentos fundamentais da sua actividade os seguintes:

  • 1

    O objectivo da actividade é o lucro realizável através da melhor prestação de serviços aos seus clientes, da fixação das justas retribuições directas e indirectas aos seus empregados e colaboradores e da possível contribuição para a melhoria da comunidade em que se integra; este objectivo deverá permitir a adequada remuneração para os capitais investidos na sociedade e a constituição dos fundos de reserva necessários à garantia da sua continuidade e desenvolvimento.
  • 2

    O crescente aumento do seu volume de negócios e da qualidade da sua prestação de serviços, visando assegurar e desenvolver a sua posição no segmento de mercado em que se insere.
  • 3

    A melhoria do nível de produtividade e dos padrões de eficiência da sua organização, tendo em conta as condições de mercado, por forma a desenvolver reais vantagens competitivas que assegurem a geração de valor acrescentado.
  • 4

    A promoção de uma adequada política de aplicação dos recursos financeiros que lhe compete gerir.
  • 5

    O incessante aperfeiçoamento da sua acção na assistência técnica e comercial aos seus clientes, quer na fase da venda inicial, quer na assistência de continuidade.
  • 6

    Esforço permanente de inovação, criatividade e dinamismo, necessários à geração de novos métodos de prestação de serviços e de gestão de produtos.
  • 7

    A criação de adequadas condições de valorização profissional dos seus empregados e colaboradores - seu maior capital - traduzido em esforços de formação permanente.
  • 8

    A actuação concertada sobre o mercado, por forma a contribuir para uma acção educativa capaz de estimular as consciências para a vulnerabilidade ao risco e para a correcta utilização de recursos – sempre orientados à optimização dos inevitáveis custos sociais e económicos associados ao riscos (gestão de riscos).